.

.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Pai

Era uma noite tão bonita
o sono bateu, 
na cama vou me deitar, 

especial, 

pois você pai estava nele, 

e me dizia com sua voz, 
tão grandiosa:
que seriamos felizes,
mas aquele sonho, 
de uma hora para outra se tornou um grande pesadelo e uma grande decepção
Sentimos que perdemos a pessoa que fazia tudo se tornar realidade...
você...
tão especial seus olhos, 
seu sorriso naquele momento tudo parecia ter acabado, 
mas em minha alma esta a profunda gratidão 
por ti que fizeste tudo por mim tudo mesmo tudo de melhor.
E hoje tento só lembrar de coisas boas que passamos juntos
Coisas que guardarei no meu coração e na minha memória
Sempre com a Esperança de um dia te-lo de novo
Te amo Pai...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou??